Search

Content

quarta-feira, 7 de maio de 2014

BREJÕES-BA cidade boa de se morar.

Bom dia amigos ! Andei sumida do blog por falta de tempo, mas já estou de volta firme e forte rsrsrs
O post de hoje é sobre a cidade de Brejões que une o aconchego do interior aliada a uma vegetação predominante e uma arquitetura colonial.

"Cidade do Café e do Maracujá"


Uma cidade tranquila do interior da Bahia. O clima da área é seco e temperado e a temperatura varia tipicamente entre 10°C e 30°C. O município está situado na interface entre a Caatinga e a formação original da Mata Atlântica. Em Brejões, se cultiva com maior ênfase o café, seguido pela produção de maracujá. Um comercio atraente aonde pode-se encontrar lojas como O AGRICULTOR com grande variedade de produtos para a agricultura,pecuária e construção civil. Com assistência de Engenheiro Agrônomo 24 horas para atender melhor a sua clientela.
Um dos pontos fortes da cidade além do comercio é a festa de São João que atraem visitantes de todas as partes do pais.
Historia da cidade

Em 1885, de passagem pela zona, os nordestinos, Estevão Chaves e João Guerra, pernoitaram na margem esquerda do rio Brejões. Animados pela fertilidade do vale em abundância da água, resolveram edificar casa para residência e iniciaram a seguir o plantio do café.

Perseguidos pela seca que assolava o Nordeste, passavam numerosos grupos de retirantes, os quais influenciados pelos primeiros moradores ali ficaram. Iniciou-se desta forma o povoamento da região. Pela Lei Provincial 1.976 de 22 de junho de 1880 foi criado o distrito de Brejões, pertencente à freguesia de Areia. Era presidente da Província Antônio de Araújo de Aragão Bulcão. Em 1886, Manoel Rovisco vendeu as suas Propriedades, então denominadas Lagoa do Morro, Lagoa da Tiririca e Boa Vista para Manoel Vitório da Silva e Joaquim Dias da Silva. Estes levaram consigo de Nazaré muitos escravos, iniciando em suas terras o plantio de café.

Em 1924, o arraial dos Brejões foi elevado à categoria de Vila pela estadual número 1.715 de 24 de julho, assinado pelo governador Francisco Marques de Góes Calmon. A mesma lei criou o município que foi inaugurado a 26 de outubro do mesmo ano. Quatro anos depois, 1938, a Vila de Brejões recebeu foros de cidade em virtude do Decreto-Lei estadual número 10.724, de 30 de março.

Prefeito
Alan Andrade Santos (PT)

(2013–2016)

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes