Search

Content

sábado, 14 de setembro de 2013

5 tipos de mulheres obrigatórias para se tornar sexpert

Enquanto você não encontra a mulher da sua vida, descubra aqui as que podem ter coisas incríveis para ensinar. Então, por que não aproveitar ao máximo?




1. A artista plástica

kkk tinha que ser a primeira (a melhor de todas)Se você trabalha das 9 às 5 num escritório, é bem provável que o romance com uma artista tenha um gostinho de férias, de pôr em prática uma vocação reprimida. Ela representa a liberdade que a sua mesa organizadinha não proporciona. O fato de se tornar o centro da atenção dela também é um estímulo à vaidade. Além disso, ela pode encorajá-lo a cultivar dons artísticos e brindá-lo com uma criatividade incrível entre os lençóis. Ficaria horas escrevendo aqui,mas o melhor mesmo é poder conferir.



2. A madura

Se está acostumada a sair com garotas que se divertem com piadas racistas ou escatológicas, a companhia de alguém maduro soa estimulante. Ela certamente terá um olhar mais experiente sobre suas angústias juvenis e, para seu deleite, saberá ensinar a você um ou dois truques na cama. Além disso, a diferença de idade confere ao romance uma certa aura sexual proibida.



3. A inexperiente

Além do "corpo" da moça ser zero quilômetro, ela está ansiosa por aprender a usá-lo. E cabe a você a prazerosa tarefa de ensinar tudinho. Jovens amantes fazem um homem se sentir atraente e expert em sexo. E como você usufrui da posição de comando, o poder age como um forte elemento de tesão.



4. A modelo
A vantagem de namorar uma gata de fechar o trânsito é óbvia: a beleza é um dos mais poderosos afrodisíacos. Muitos homens às vezes desprezam a importância da aparência de uma mulher, o que é uma bobagem, já que desfilar ao lado de uma gata deslumbrante aumenta a autoconfiança. Os olhos brilham, a pele exibe viço e todo mundo passa a achar que você tem um algo mais. O quê? Não importa. É algo interessante o suficiente para que ela fique ao seu lado.



5. A bad girl
Por que será que o sexo masculino aprecia tanto a sensação de andar fora da linha? Quando um garoto ainda está à procura de sua verdadeira personalidade, tentando descobrir quem é ele, uma bad girl serve para ensiná-lo a definir os próprios limites. Se você mergulhar no seu cotidiano libertino - especialmente na cama -, terá a chance de viver um romance verdadeiramente selvagem.



Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes