Search

Content

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

AMO um PABLO

Bom diaa !!!



Acordei pensando em Pablo, faz tempo que  desejo declarar o meu amor por ele.

Sem duvidas esse homem faz parte da minha vida, me influência com as suas técnicas versáteis. Sou fãn incondicional e tento a cada dia DESCOBRIR MAIS SOBRE A SUA HISTORIA. Em torno do seu nascimento surgiram várias lendas, algumas das quais ele se esforçou a promover.rsrs  Segundo uma delas, Pablo nasceu morto e a parteira dedicou a sua atenção à mãe acamada. Só o médico, Don Salvador, o salvou de uma morte por asfixia soprando-lhe fumo de um charuto na face. O fumo fez com que Pablo começasse a chorar.
kkk cada qual com as sua loucuras.
Roland Penrose, um dos mais conhecidos biógrafos , procurou nas suas origens a razão da sua genialidade e da sua abertura à (tecnicas), algo natural na compreensão de um gênio. E bota gênio nisso

Nossa!!! Como ele me encanta... e o meu amor só faz aumentar .

A preocupação principal do pai com o pequeno Pablo era o seu aproveitamento escolar, mas nem por isso dispensou a oportunidade de fomentar o talento do filho. Desenhar foi desde cedo a forma mais adequada dele se exprimir e, talvez por isso, secundário. Recusa claramente o ensino usual, e encarrega-se ele próprio da sua formação. é um fenomeno mesmo
Muito apegado a família, e a acontecimentos privados a plano familiar. Apesar de realista e de satisfazer as exigências académicas, por outro lado o seus trabalhos acabam por ser uma tentativa de conbate ao convencionalismo.adorooo

Frases dele:

Cansei-me de ser moderno. Quero ser eterno.(muito bom)rs

Eu gostaria de viver como um pobre, mas com muito dinheiro.(essa é a minha cara)rs


O que já fiz não me interessa. Só penso no que ainda não fiz.

Eu não evoluo, sou.(quem aguenta??)rs

A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nos enquanto vivemos. (nem preciso dizer p? amo tanto ele)









Algumas de suas viagens









Após iniciar-se como estudante




 


Pablo fez sua primeira viagem a Paris , a capital artística da Europa.

Entre Madrid e Barcelona
Em Madrid, instalado num novo ambiente....Constantemente, visita o Museu do Prado, onde copiava os grandes mestres, captava-lhes o estilo e tentava imitá-lo, o que se revelou, por um lado, um avanço, pois desenvolvia capacidade efémeras, e por outro lado, uma esagnação de um génio criativo limitado à cópia do trabalho dos históricos, cujas obras também vieram a ser alvo de uma revisitação e reinterpretação de Pablo em fases mais avançadas.
Porém, a sua estadia em Madrid é interrompida.
Ele adoece e a
recuperação obriga-o a retornar a Barcelona.



Bom....fico tão empolgada quando falo de Pablo q n quero mais parar.
Vou encerrar por aqui hj,.tenho que sair.

Amo Pablo Picasso.. rsrs

3 comentários:

Anônimo
at: quarta-feira, setembro 16, 2009 disse...

Considerado o mais importante artista do século XX, Pablo Picasso foi um fenômeno único de criatividade em diferentes campos da arte - pintura, cerâmica, escultura, desenho, gravura e cenografia.(Renato)

Marluce Moura says:
at: quarta-feira, setembro 16, 2009 disse...

Ahhh foi o criador do co-cubismo tbm

Marluce Moura says:
at: quarta-feira, setembro 16, 2009 disse...

Valeu Renato de Pablo eu entendo kkkk

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes