Search

Content

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Amado

Amado Como pode ser gostar de alguém E esse tal alguém não ser seu Fico desejando nós gastando o mar Pôr do Sol, postal, mais ninguém Peço tanto a Deus Para esquecer Mas só de pedir me lembro Minha linda flor Meu jasmim será Meus melhores beijos serão seus Sinto que você é ligado a mim Sempre que estou indo, volto atrás Estou entregue a ponto de estar sempre só Esperando um sim ou nunca mais É tanta graça lá fora passa O tempo sem você Mas pode sim Ser sim amado e tudo acontecer Sinto absoluto o dom de existir, não há solidão, nem pena Nessa doação, milagres do amor Sinto uma extensão divina É tanta graça lá fora passa O tempo sem você Mas pode sim Ser sim amado e tudo acontecer Quero dançar com você Dançar com você Quero dançar com você Dançar com você Vanessa da Mata

1 comentários:

Anônimo
at: quinta-feira, agosto 06, 2009 disse...

perfeita!

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes