Search

Content

sábado, 7 de setembro de 2013

-Autista,anormal,doida o que mais?


Recebi um e-mail que dizia:
"Acho que você já tem idade suficiente para sair desse seu estado autista, e perceber que as suas verdades não são absolutas. "
Xiiii,tem gente que não gosta do que eu escrevo.A minha vida inteira fui chamada de doida,normal eu não sou mesmo, agora autista é uma novidade ...AHHHHH e as minhas verdades são minhas como você mesmo disse, basta que eu acredite nelas.
...Hoje eu descobri, que não basta estar viva para viver.Eu sou um alguem singular, no meio de denominadores tão comuns, não por fazer fatos extra ordinários, ou possíveis bens á humanidade. Ao contrário, não faço nada além do que não faria, faço tudo motivada por quem me guia(minha atitude depende da sua). Posso parecer estranha, não na aparência física, mas pelo jeito que adotei de ser. Sou bonita, isso já é um ponto pacíficokkk. Minha beleza, está nos olhos de quem me observa. Quem me olhar com simples olhos humanos, nada encontrará, sou tão comum como qualquer outro ser, porém se me olhares com certos olhos, olhos que nem todos os medíocres humanos possuem, poderá enxergar além. Engraçado que quem não possui o poder de entender a minha mente, deduz que
a diferente sou eu, que a estranha sou eu, que a anormal sou eu,autista sou eu etc.
 Mas será que alguém que apenas segue o seu próprio modo de viver, acredita em suas próprias verdades ou teorias, faz nao o que tem de fazer, o que seria mais viável, áqueles que a julgam, mas sim segue um rastro de conciência e o que faz, faz movida pela razão ou pela emoção, que tenta entender a mente humana, que diz coisas absurdas não pra esse alguem mas sim para aqueles que não possuem o poder de entende-la, que pensa não o que está na cabeça da maioria e sim o que está na cabeça desse alguem, será mesmo que essa, é a pessoa anormal da história? Sim eu estou falando de mim, a tão chamada anormal. Não entendo. Não entendo, como essa grande maioria prefere viver no tal do comodismo, e esquecem as próprias vontades, e decide seguir o ritmo da maioria. Não acho isso certo.(nestante eu termino o texto, vou tomar um banho kkkk)
>>>>>Voltei e não vou escrever mais porra de nada ,vai ficar assim sem terminar,vou falar de Vanessa da Mata agora.

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes