Search

Content

sábado, 7 de setembro de 2013

So com a maturidade



depois dos 30 eu descobrir

Que pra sempre é muito tempo.


A gente não pode fazer nada em relaçao a ontem e amanhã, só a hoje!

Então é o hoje que a gente deve viver!

Realmente não deixar nada pra amanhã, porque como diria Renato Russo, se a gente parar pra pensar, não há amanhã!

A gente não sabe se amanhã as pessoas que a gente ama vão estar aqui.

A gente não sabe se a gente vai estar aqui!

Então que a gente viva hoje!

De risada hoje,

chore hoje também,

dance hoje,

beije hoje,

abrace hoje,

ame hoje!

E amar hoje as pessoas que a gente ama, porque amanhã pode ser tarde!

Depois que elas já se foram, a gente não pode fazer mais nada, nenhum sentimento adianta mais de nada.

Ai a gente se arrepende.

E vai continuar se arrependendo enquanto não perceber que melhor que viver

feliz pra sempre, é viver feliz nesse exato momento!

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes