Search

Content

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Boa demais...

Sou obrigada a admitir que essa  é a situação que mais tenho visto ultimamente, e cá entre nós, temos mesmo que nos divertir horrores com homens que subestimam nossa inteligência. Então a resposta é muito óbvia.(boa demais)


Mulher inteligente,bonita e bem sucedida !
Se ele acha tudo isso de você, tem medo de amar e etc... É claro que você é boa demais para ele, pois um homem que é inteligente e digno da nossa atenção, jamais terá medo de se envolver, se apegar, por uma mulher porque ela é ESPECIAL demais. Homens de verdade, querem mulheres de verdade ao seu lado, então saiba ser exigente e esteja com pessoas merecedoras de todas as suas qualidades. E a próxima vez que ouvir um cara falando que tem medo de você, apenas se divirta com a tamanha ignorância, afinal dar risada faz bem para saúde evita rugas!
 Fica a dica !!! rsrs

Quando o assunto é amor, relacionamentos, não existem regras para seguir, afinal a graça da vida é o inesperado, as sensações únicas que sentimos, as mãos geladas, sorrisos despretensiosos, o frio na barriga, mesmo que por alguém que não mereça. O importante é se sentir viva, plena e feliz. Seja namorando, solteira, casado, com um lance “casual”, a distancia, não importa. Apenas não deixe de se valorizar, não permita NENHUM tipo de abuso, e exija o respeito sempre.


                                               A regra válida é apenas uma: SER FELIZ!

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes