Search

Content

terça-feira, 10 de maio de 2011

Inauguração da CABANA- O São João ja começou na cidade serrana

De uma coisa eu sei, eu sei porque estou aprendendo. Eu sonhei muito com o dia em que eu encontraria o meu principe encantado. Via em tantos filmes e pensava que na minha vida seria igual. Pensava que eu iria conhecer um garoto lindo, super popular, que ele me convidaria pro baile do colégio e de lá sairiamos devidamente comprometidos. Mas como eu sempre falo, o tempo passa, né? E fui conhecendo as pessoas como elas realmente são, ou... como deveriam ser, e vi que essa história de príncipe não é real, ninguém é perfeito, e o baile do colégio nunca chegou e nem vai chegar.


Ok, o príncipe pode até existir, mas não tem absolutamente nada a ver com aqueles dos filmes. Ele não vai ser cara mais popular, o mais bonito, o mais rico e nem o que vai me convidar pro tal baile (ta vai, pode até ser, afinal, as garotas de sorte estão por toda parte). Mas vai ser aquele que vai me fazer rir, que vai me apoiar em tudo o que eu quiser fazer, que vai estar comigo em todos os momentos. É aquele que eu vou achar bonito em todos os sentidos, independente da opinião das pessoas.
Eu só quero um amor, sabe? Alguém que vai me aceitar como eu sou, com meus defeitos mas exaltando minhas qualidades. Quero alguém que olhe para a minha alma e não só para o meu corpo. Quero alguém que se dedique de coração e não só porque esta junto e acabou. Quero alguém que se preocupe com os detalhes pequenos... As vezes ganhar um bombom ou uma flor fazem toda a diferença. Alguém que ligue só para perguntar como esta sendo meu dia ou pra dizer que sente saudades. Quero alguém pra andar por ai de mãos dadas ou até mesmo para ficar em casa de bobeira. Eu quero um amor pra chamar de amor, eu quero um amor pra chamar de meu!

Eu só Quero um Xodó

Gilberto Gil



Que falta eu sinto de um bem
Que falta me faz um xodó
Mas como eu não tenho ninguém
Eu levo a vida assim tão só...

Eu só quero um amor
Que acabe o meu sofrer
Um xodó prá mim
Do meu jeito assim
Que alegre o meu viver...

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes