Search

Content

terça-feira, 10 de setembro de 2013

A quimica sexual

 Humm, as vezes vc conhece uma pessoa faz um pre julgamento, idealiza como será na cama. Mas na hora H não é nada daquilo. Ai vc pensa :-Não rolou a química

CALMA!!!!

É verdade que os nossos gostos, opiniões, crenças e forma de ser influem na conexão de caracteres (ou falta desta) com a outra pessoa, mas não são marcas definitivas para prever se a relação vai funcionar ou não.

Assim como os opostos se atraem, os similares também
.  É bonito ter alguém que nos mostre coisas diferentes e nos ensine seus pontos de vista, como é igual e agradável compartir com alguém as nossas formas de pensar e viver.

O segredo para alcançar uma compatibilidade sexual exata, é manter um equilíbrio entre os nossos gostos e diferenças com a outra pessoa.
Não é verdade que os astros definem o perfil do nosso par ideal, somos nós mesmos em conjunto com o nosso companheiro ou companheira os que fazemos florescer uma relação legal e compatível.

Nem sempre vamos nos encontrar com pessoas que encaixe perfeitamente com a gente no sexo, mas esta não é uma razão válida para descartar a oportunidade de viver ao lado dessa pessoa outras magníficas experiências. Além do mais, a comunicação corporal é algo que a gente consegue com o tempo e a prática, a compatibilidade na cama não vem pronta, mas é algo que a gente aprende a descobrir.


A química sexual se encontra quando realmente desejamos estar ao lado de alguém, sem importar se ele ou ela comparte todos os nossos pensamentos ou se sonha as mesmas fantasias.

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes