Search

Content

quarta-feira, 21 de março de 2012

Uma questão que persegue a humanidade há séculos.

O que escrevo aqui é apenas fruto de observações ou experiências pessoais.
  Essa humilde introdução foi para dizer, com falsa modéstia, que descobri o que faz um homem se apaixonar por uma mulher, e vice-versa

Talvez você concorde, talvez ache uma grande besteira   kkkkkkkk

Há várias razões para alguém se apaixonar, mas as que abordo aqui são as essenciais, na minha opinião.
Vamos começar pela mulher. O que faz uma mulher gostar de um homem? Mais do que isso, o que transforma a paixão de uma mulher por um homem em amor? A admiração que ela tem por ele. Essa admiração pode ser de várias formas e intensidades diferentes. O cara pode ser um excelente profissional. Ou pode ser um grande artista. Ou pode ser um ótimo pai. Ou pode ser... milhões de coisas, claro.
Só para esclarecer: não estou falando de riqueza ou sucesso. A mulher se apaixona quando sente admiração por quem ele é, pelo que ele representa como pessoa. Não é algo formal, muito menos o sentimento de alguém que olha de baixo para cima. É apenas orgulho por estar ao lado dele. Em última instância, é a admiração que faz com que a mulher queira se eternizar ao lado desse cara, criar uma família, gerar filhos.Quando a admiração chega ao fim, o amor chega ao fim.
E quanto ao homem? O que faz um homem se apaixonar por uma mulher? A atração. Atração física, sim, mas não só isso. Essa atração pode existir em vários níveis, sexual, sensorial, emocional; o que o homem precisa é se sentir atraído. Por favor não imagine que estou falando só de beleza. Há diferentes tipos de beleza, assim como há diferentes níveis de exigência de um homem em relação à beleza. Mas ele tem que sentir atração para querer voltar sempre àquela mulher, querer mantê-la sempre próxima, querer a presença dela na hora de dividir o sono. A atração é a preliminar do desejo.
Se essa atração chegar ao fim, pode ter certeza de que o homem vai correr atrás de outra. Ele precisa disso para se sentir vivo. Admiração, atração...

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes