Search

Content

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

AFIRMO COM TODAS AS LETRAS - ELA é uma PUTA mesmo!

Hoje acordei atacada,briguei com o vizinho por deixar o carro na frente da minha garagem kkk ele esquece que não sou Michael Schumacker e confia na minha habilidade no volante.Raiva ou irritabilidade persistente, aumento dos conflitos interpessoais;xiiii no meu caso é o primeiro sinal. Todo mês esse inferno,minha gente n estou aguentando mais. depressão, sentimento de desesperança, pensamentos auto-depreciativos; ansiedade, tensão, nervosismo, excitação; fraqueza afetiva, tristeza repentina, choro fácil, sentimento de rejeição; diminuição do interesse pelas atividades habituais; sensação de dificuldade de concentração; cansaço, fadiga fácil, falta de energia; acentuada alteração do apetite; distúrbios do sono; sensação de estar fora do próprio controle; inchaço e/ou sensibilidade mamária aumentada; dor de cabeça; dores musculares; ganho de peso ou sensação de inchaço; Ufa! É serio, sinto tudo isso.... o mais engraçado é que ainda continuo tendo amigos rsrsrsrsr.Pago os meus pecados mensalmente. Que divida!!!Sera q são tantos pecados assim? rsrsrsr As vezes machuco tanto as pessoas que amo, .... passando a turbulência(peço desculpas) e consigo aceita que foi a PUTA da TPM.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes