Search

Content

domingo, 20 de maio de 2012

Depois de muito alcool,amigos e filosofia kkkk






É, chegou a segunda e nem sei sobre o que escrever, apesar do tanto a ser dito, sobretudo as palavras de gratidão. Vamos ver. Só não ligue para a bagunça, por favor. Os últimos dias têm sido muito bons por causa das conversas com amigos. Tão construtivas, sabe? Temos falado sobre
dúvidas, medos, certezas, visões de mundo, padrões de comportamento, esperanças.
 Conversas são espelhos. O Cal diz que o tom do que escrevo é meio revoltado, muito liberal, quiçá,falo muito de sexo, diferente de como sou pessoalmente, conhecida como falsa liberal pela familia.(ate parece q existe outro assunto melhor que sexo kkk). Já a Taty me chama de "doida" e "moderna demais", rs. Bem, realmente, eu tenho escrito várias críticas aos comportamentos sociais, mas devo contar um segredo a mim e a vocês: quando falo dos defeitos da sociedade, falo dos MEUS defeitos, do que acredito que EU tenho que melhorar. Em primeiro lugar, são MINHAS as lutas contra a minha falta de respeito às diferenças, contra meu gosto pela polêmica, contra minhas brincadeiras destrutivas, contra minha atitude blasé, contra minha audácia de querer entender além, etc. O maior problema é que ajo assim internamente, em pensamentos. Escrever tem sido apenas uma forma de transbordar estes conflitos internos e muito do que escrevo nem publico no blog. A Luciana diz que a maioria dos psicólogos que conhece estudam para se autoconhecerem. Foi ouvindo isso que descobri de onde vem minha paixão por psicologia. Que egoísmo meu, não? Coisa de sagitariana, estupendamente iluminada, voltada a sí e independente. Por isso a maioria dos sagitarianos são artísticos. Todo ser humano é vaidoso, e os artistas mais ainda. Eu sou assim, infelizmente. Tenho que melhorar tanto. Tudo é vaidade e ilusão. Mas então, e o pior é que minhas opiniões sobre o que temos conversado são tão diferentes. O Roger me acha racional demais. A Mozy deve achar que vejo tudo ao contrário, rs. Conversas são espelhos. Isso faz eu duvidar de mim mesma e traz um crescimento tão grande!  É muito bom conversar com amigos. Se você está aqui, provavelmente você é um amig@. Saiba que juntos crescemos. Nem sei escrever e explicar isso, pois as palavras e citações são insuficientessíssimas, sobretudo os nomes de amigos. Só restam as palavras de gratidão a todos: muito obrigada!!!.Como sempre finais de semanas inesqueciveis,,,, agente come agua mais aprende a se renovar  tambem rsrsrsr



Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes