Search

Content

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Virgem - no sexo

O virginiano aparenta ser recatado, porém, no momento em que se entrega, revela uma sensualidade surpreendente. Mostra-se tão ardente que chega a confundir o par, pois dá a impressão de estar apaixonado quando, na verdade, está apenas se divertindo. É um estrategista na arte de fazer amor. Tudo é meticulosamente calculado, desde o primeiro contato na paquera até a hora do sexo. Não se engane com sua aparência sóbria e séria. Como é uma pessoa que se exige muito e costuma se reprimir sexualmente, quando liberado pode se tornar uma máquina de prazer.


O homem de Virgem na cama

Sua aparência comportada é apenas uma fachada. Esse signo adora um show de strip-tease. Se você acha que não leva jeito, está na hora de aprender. Na cama é o signo que tem mais manias, e se você quer agradá-lo não tente discutir porque assim ou assado e não de outra forma. Se você aceitá-lo assim, terá em suas mãos um amante dedicado.

A mulher de Virgem na cama

Essa mulher se preocupa com a maioria dos detalhes que outras não ligam, isso a torna especial. Isso a faz capaz de descobrir pontos eróticos nunca tocados por outras pessoas antes. Quem não se assustar com sua aparência austera terá a agradável surpresa de descobrir uma amante muito dedicada, que consegue extrair o melhor de seu par, e mostrá-lo que para o amor ser gostoso não precisa de nada muito glamouroso.

Os melhores parceiros sexuais de Virgem

Os signos de terra como ele, que esperam o real do sexo, sem imaginar que toda transa precisa ser uma cena de cinema, Os signos de água que aprendem que não é preciso fantasiar o tempo todo para encontrar prazer, e enfim, qualquer um que busca encanto e graça na transa rotineira. Melhores parceiros: Áries, touro, gêmeos, virgem, escorpião, sagitário, capricórnio


Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes