Search

Content

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Touro- no sexo

É sensual, romântico e afetuoso. Muito ligado ao erotismo, não dispensa a companhia do sexo oposto e acredita que a sedução é a extensão do amor. O taurino é bastante lento em tudo que faz e gosta que seja assim. Ele prefere um comportamento mais sutil e discreto. A situação mais segura e que envolva menos risco é sempre a sua preferida. Ele não quer saber de nada que envolva desgaste, perda, dor ou sofrimento. É um signo muito físico, portanto os contatos são primordiais: toques, carícias e beijos dão enorme satisfação. O olfato dele é bastante apurado, portanto, não vá para cama com esse nativo sem estar limpa e cheirosa. Se o sexo for bom, ele pode ficar para sempre. No ato sexual ele não tem pressa, gosta de fazer tudo com calma e bem feito.


O homem de Touro na cama

Sabe o que toda mulher quer para ter prazer e brinca com paciência em suas zonas erógenas. Não despreza nenhuma parte do corpo da sua parceira e sabe fazer um simples beijo no pescoço ser algo altamente excitante. Sabe aproveitar bem o seu talento como amante.

A mulher de Touro na cama

Essa mulher se preocupa muito em agradar o homem na cama, mas exige o mesmo em troca. Agrada tanto que é muito fácil para ela transformar uma simples transa em um relacionamento estável. E, quando chega a essa categoria, seu escolhido será muito paparicado, como uma forma inconsciente de agradecer o prazer que ele lhe proporciona.

Os melhores parceiros sexuais de Touro

Todos os signos de terra e água. Principalmente os traumatizados, aqueles que estão abalados por uma relação que acabou e deixou marcas. Para se aproximar desse signo esteja sempre arrumada e fisicamente perto. Relações à distância não rolam. Procure por Gêmeos, Virgem, Touro, Câncer e Libra.




Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes