Search

Content

sábado, 26 de janeiro de 2013

Peixes - no sexo

Por ser muito sensível, o pisciano não tolera atitudes agressivas. Vive suas paixões como algo desvinculado dos problemas do dia a dia. Sua criatividade é muito gratificante ao parceiro. Adora rituais eróticos e ambientes sofisticados. A sedução começa de forma sutil e, quando você perceber, já está completamente envolvida, enlouquecida para se entregar em uma noite de amor que promete ser inesquecível. Esse é um signo que possui uma imaginação altamente desenvolvida e alimenta em seu par a fantasia de um sexo delirante.


O homem de Peixes na cama

Se você está em busca de um homem doce, acaba de encontrar. Seus gestos são carinhosos e suas palavras tão ternas que você não conseguirá resistir. Com ele você ainda acredita que existe romance no mundo. E se for para a cama com um pisciano, será um dos amantes mais amorosos que você já teve. Para provocá-lo, cuide bem dos seus pés: salto alto, modelo de calçado sexy e unhas bem feitas são um fetiche.

A mulher de Peixes na cama

Ela começa sutilmente, desabotoando lentamente sua roupa, fazendo tudo com calma. Não pressiona e espera seu par se soltar. Sensível, é capaz de se adaptar ao seu ritmo com facilidade. Sem perceber, ela vai expor suas fantasias e te realizar de tal maneira que você não vai conseguir largá-la. Ela tem uma coisa espiritual gravada na alma, por isso consegue compreender as dimensões profundas do amor.

Os melhores parceiros sexuais de Peixes

Os signos de água que estão em busca de magia e romance, principalmente os que andam com a vida muito dura. Os signos de terra, que são rígidos e só uma boa quantidade de água é capaz de amolecer. Todos que buscam encontrar através do sexo a sua alma gêmea. Procure por Gêmeos, Libra, Escorpião, Sagitário, Aquário e Peixes.




Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes