Search

Content

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Gêmeos - no sexo

O geminiano demora muito a se entregar e chega a transar pensando apenas no prazer de seu par. Está sempre em busca de novas emoções. Na cama, gosta de movimento, por isso troca de posições a toda hora. Adora inventar novidades e falar antes, durante e depois do sexo. Use e abuse de gritinhos, sussurros e palavras excitantes: isso sempre funciona com eles. A curiosidade é outra característica. É só ler alguma coisa interessante que ele quer logo testar.


O homem de Gêmeos na cama

Adora provocar e seduzir pela cabeça. Gosta de se gabar como um mestre na arte de amar e, cada vez que você responde aos seus estímulos dizendo que ele sabe um monte de coisas novas, com mais tesão ele fica. Mas nada de demorar horas a fio, isso o cansa!

A mulher de Gêmeos na cama

É quase uma acrobata sexual e se orgulha disso. O homem que está a seu lado deve falar de sua performance. Na verdade, tudo o que ela precisa é de estímulo, tanto do parceiro como do ambiente. Fazer tudo igual sempre e de forma silenciosa mata a sua vontade. A menos que seu parceiro seja muito interessante, capaz de mantê-la fascinada, ela logo estará em busca de outro.

Os melhores parceiros sexuais de Gêmeos

Os signos de ar porque atrai as pessoas que têm uma personalidade jovial, inclusive os jovens, que normalmente são mais articulados. Aqui, o que seduz em primeiro lugar é gente “cabeça”, bem informada. Procure por Touro, Câncer, Virgem, Sagitário, Aquário e Peixes




0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes