Search

Content

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

DEFENDO AS MINHAS IDEIAS

Bom dia!!!!

Demorei de escrever hj, ainda estou anestesiada pelo prazer do meu final de semana em ssa. Cada viagem que eu faço a Salvador supera a outra.
São tantas novas amizades e antigas tbm, e o bom é que eu consigo fazer uma junção interessante.
Tudo junto e misturado srrsrsr
Bom... Eu gosto muito de receber feedback, de saber o q as pessoas pensam de mim. E ouvir algo que me chamou a atenção."DISSERAM Q EU CURTO UMA BRIGA , um confronto" rsrsrsr Segundo Beatriz, (uma amiga nova de ssa),



É verdade! Adoro um confronto. De idéias, de palavras, de emoções...Fora os momentos de silêncio ( que são poucos), nos demais gosto demais do debate, especialmente com os que pensam diferente, vivem a vida por outros caminhos que ainda não experimentei, que quebram minha métrica e me oferecem a possibilidade de um enfrentamento adrenalizante.


Isso nada tem a ver com conflito. A indisponibilidade de olhar por outro ângulo, as amarras cruéis às escolhas das quais não se tem nem mesmo certeza, a intepretação antolhada e reduzida de cada palavra, cada gesto, cada caminho escolhido, o desrespeito, o desamor, a descrença que impede a evolução e o crescimento....esses sim são fontes de conflito.

Não gosto de BRIGAS. Gosto demais do estado latente, daquela coisa que é viver respirando literalmente por todos os poros, faces, cantos, sinais, cores e equívocos de que somos compostos.

Tenho medo, sim. Insegurança, também. Recuos e avanços, muitas vezes. Reflexões imensas, quase sempre. E é bom logo avisar: gosto da vida intensa, do confronto, da adrenalina, mas discuto relação sempre. Sou DR até mesmo com os amigos.

Pensei em tudo isso hoje e depois de um longo tempo sem vontade de escrever ( no blog, é claro, porque tenho que fazê-lo fui inventa-lo rs), vivendo alguns conflitos no trabalho, mas deliciosos confrontos, me sinto inteira pra aguardar o proximo fim de semana.kkkkkk

Tomara q faça sol denovo, pois me sinto especialmente clara, diurna, de olhar e mente aguçados para ser o que sempre sou: uma errante otimista. Bom...nem tão errante assim.



Eta! Esses finais de semana em Salvador são bons demais rsrs

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes