Search

Content

terça-feira, 19 de abril de 2011

Rainha da micareta de Feira de Santana

 Quebra de TABU
Feira de Santana é pioneira pela quebra da regra, por ter feito algo que  jamais foi visto por medo de preconceitos.
Adorei!!!! ( Uma rainha fora dos "padrões" de beleza) Estamos evoluindo..

 Quero parabenizar :
A primeira-dama e deputada estadual Graça Pimenta, que também presidiu a mesa de jurado. Ainda fizeram parte do jurado Maria Luiza Coelho, do Centro de Referência Especializado Maria Quitéria; professora Lindinalva Cedraz, chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação; jornalista Lília Campos (Portal Quarto Poder); Elizama Mendes, da Divisão de Manutenção da Secretaria de Saúde; professora Yara Oliveira, colunista Christi Helmand e Alex Pessoa.

Viva o progresso !!!




-Quem foi que disse que uma candidata com 1,48 de altura, gorda e da pele negra não pode ser rainha?? Aqui em Feira de Santana pode. NOVOS TEMPOS

1 comentários:

Anônimo
at: quinta-feira, abril 21, 2011 disse...

Gorga, pequena e feia. Rainha é para quem tem nobreza, beleza e elegância. Esse conurso foi pura piada, quero ver na avenida o mico que ela vai pagar!
Homem pode ser: gordo, cabeludo, barbudo etc. que ninguem se importa.
Mulher: delicada, bonita, magra, elegante.

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes