Search

Content

terça-feira, 17 de julho de 2012

Mulheres preferem homens comprometidos

Tirar a aliança na esperança de faturar um eventual romance extraconjugal pode não ser uma estratégia masculina muito sábia. Uma pesquisa da Universidade Estadual de Oklahoma, nos Estados Unidos, concluiu que é justamente dos comprometidos que elas gostam mais. O fenômeno já está sendo chamado de “efeito Angelina”.




Para o estudo, participaram 100 estudantes (homens e mulheres) casados e solteiros. As pesquisadoras Melissa Burkley e Jessica Parker mostraram a cada um deles a mesma foto de um homem ou de uma mulher e pediram que os participantes dissessem o quanto consideravam a pessoa atraente - ora apontada como solteira, ora como comprometida.



O resultado foi que 90% das mulheres entrevistadas se interessaram pelo homem da foto quando era dito que ele estava envolvido em um relacionamento. Já quando ele era apontado como livre e, portanto, perfeitamente acessível, apenas 59% se sentiram atraídas. Os homens, por outro lado, não expressaram preferência por mulheres comprometidas ou solteiras.



“A descoberta demonstra que mulheres solteiras se interessam consideravelmente mais por homens que estão menos disponíveis para elas”, escreveram as cientistas no Journal of Experimental Social Psychology. “Isso pode ser porque um homem comprometido já se mostrou capaz de assumir um relacionamento e, de certa forma, foi filtrado por outra mulher”, deduziram.



As conclusões encontram sustentação em alguns casos célebres, como o relacionamento entre a atriz Angelina Jolie e Brad Pitt, seu par romântico no filme Sr. e Sra. Smith. Os dois teriam começado a se envolver durante as gravações do longa, quando Pitt ainda estava casado com a atriz Jennifer Aniston, a eterna Rachel do seriado Friends.



Fonte-Veja

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes