Search

Content

terça-feira, 26 de maio de 2009

Pra pensar

Seria tão diferentese os sonhos que a gente gostanão terminassem tão de repente...Seria tão diferentese os bons momentos da vida,durassem eternamente...Seria tão diferentese a gente que a gente gosta,gostasse um pouco da gente...Seria tão diferentese quando a gente chorasse,fosse só de contente...Seria tão diferente,se a gente que a gente ama,Sentisse o que a gente sente...Mas... é tudo tão diferente...!Os sonhos que a gente gostaterminam tão de repente...Os bons momentos da vida,não duram eternamente...A gente que a gente gosta, nemsempre gosta da gente...Das vezes que a gente chora,poucas vezes são de contente...E a gente que a gente ama,não sente o mesmo que a gente...Mas... poderia ser tão diferente...!Dê-se uma chance de ser diferente...!Tente, ouse, opte pela Felicidade e aí sim será diferente video

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto

Feirense, graduada em Administração, e artista plástica  especialista no desenho retrato com uma abordagem realista e sóbria, que utiliza exclusivamente a técnica do pastel, iniciou nas artes ainda na infância tem como foco fundamental a expressão dos rostos, seus temperamentos e a psicologia da expressão, a tradução de um sentimento, de uma emoção fugidia e instantânea. Começou a expor em 1996 após concluir o curso no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), é uma das fundadoras do Grupo de Arte contemporânea de Feira de Santana, pesquisadora da arte rupestre com exposição desse tema em 2007, e amante da arte contemporânea, na qual aborda temas polêmicos.
"Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem
perigo."Marquês de sade

Seguidores

Redes